Festival Educação

Concebido em 2013 em cocriação com gestores escolares, empreendedores sociais, Terceiro Setor e interessados em geral, o Festival Educação pretende dar voz aos jovens estudantes brasileiros de escolas públicas e privadas cursando o ensino fundamental e o médio, imprimindo um caráter mais participativo na interação entre a comunidade escolar – alunos, professores, pais, gestores etc. – na busca por soluções inovadoras para o sistema educacional atual.

São seis meses de cocriação e um evento ao final, quando as ideias passam por um processo intenso de cocriação durante um dia. Os responsáveis pelas melhores ideias receberão prêmios que incentivam a formação dos jovens.

Com tal iniciativa, o Centro Ruth Cardoso e seus parceiros pretendem que o Festival Educação possibilite:

  • Formação de grande rede composta por jovens estudantes conectados.
  • Fortalecimento de canais de expressão do estudante dentro da escola.
  • Estímulo à interação entre aqueles que fazem parte da comunidade escolar.
  • Apropriação do método da cocriação por espaços participantes do Festival Educação.

Os princípios norteadores do Festival Educação são o protagonismo jovem, a mobilização da comunidade escolar, o uso da criatividade para a proposição de soluções apresentadas, a colaboração mútua, tentativa e erro (nos métodos do design thinking) e a apresentação de múltiplas visões.

Como estratégia de mobilização dos alunos espera-se a interação da gestão escolar com o Festival, com distribuição de material impresso, e a interação online, que acontece por uma plataforma agregadora (que permite a cocriação não-presencial) e pelo Facebook (como canal de comunicação com os alunos e divulgação de eventos e encontros). No projeto-piloto de 2013, 97% dos jovens confirmaram ter um perfil no Facebook e, destes, 78% acessam a conta pelo celular!

Os resultados esperados são o fortalecimento da rede de jovens com a comunidade escolar; a apropriação da dinâmica de cocriação pelas escolas; melhorias nos processos de formação dos jovens; e, por fim, ter a inovação assimilada pelos jovens e toda a comunidade escolar.

Alguns dados do Festival Educação em 2013:

  • 370 ideias inscritas.
  • Quase 150 alunos participantes, com 88% de São Paulo, 9% do Rio de Janeiro e 3% de Florianópolis.
  • 61% estudam em escolas da rede pública e 39% estão em escolas privadas.
  • A média de idade é de 15,9 anos.
  • 74% estão cursando o ensino médio e 26% o ensino fundamental.

Alguns gritos dos alunos em 2013:

  1. Leitura: Ampliação das bibliotecas e troca de livros entre alunos.
  2. Aulas fora da escola: Passeios, estudos do meio e realização de aulas fora da sala.
  3. Customização do espaço escolar: Pintura, colagens, grafites e outras formas de expressão nas paredes.
  4. Uso de expressões artísticas: Música, teatro e dança para mudar a dinâmica de aula.
  5. Feira de profissões: Possibilidade de conhecer diferentes profissões.
  6. Rádio: Novas maneiras de se comunicar na escola.
  7. Esportes: Mais incentivo, mais tempo e espaços mais adequados para a sua prática.
  8. Laboratório e feira de ciências: A tecnologia presente na escola.
Centro Ruth Cardoso

R. Pamplona, 1005 - Edifício Ruth Cardoso
CEP: 01405-200 | Jardim Paulista | São Paulo (SP)
Tel.: 55 11 3372-4325 | Fax: 55 11 3372-4339