CRC e Fundação FHC realizam debate sobre os desafios de reduzir a pobreza

Entre 1994 e 2014, a desigualdade no Brasil diminuiu, houve aumento da renda das famílias brasileiras mais pobres, como também se ampliou o acesso delas a serviços públicos básicos, como educação e saúde. Essa tendência foi interrompida com a crise econômica dos últimos três anos, que exigirá anos de ajuste fiscal para ser recuperada. O desafio para o país é retomar a tendência de queda da pobreza num quadro fiscal mais restritivo.

Sabemos como enfrentar com sucesso esse desafio? Basta retomar o crescimento e manter as políticas sociais adotadas? É possível voltar a reduzir a pobreza e, ao mesmo tempo, diminuir a desigualdade entre ricos e pobres ou um objetivo deve ter prioridade sobre o outro? Para responder a essas perguntas, convidamos  para um debate gratuito no CRC, no dia 29 de maio, às 10h, dois dos maiores especialistas brasileiros nos temas da pobreza, desigualdade e políticas sociais: Martha Arretche, cientista social e política, e Ricardo Paes de Barros, economista e engenheiro.

Os interessados podem se inscrever neste link. Os lugares são limitados, por isso, os convidados que não encontrarem assentos disponíveis no auditório serão direcionados a uma sala com transmissão ao vivo.

Marta Arretche é cientista social e política, diretora do Centro de Estudos da Metrópole (CEM/Cepid) e editora da Brazilian Political Science Review. Suas principais áreas de pesquisa são desigualdade e análise comparada dos sistemas de proteção social.

Ricardo Paes de Barros é engenheiro e economista, é professor da Cátedra Instituto Ayrton Senna no Insper e economista-chefe do Instituto Ayrton Senna. É especialista em questões relacionadas à educação, pobreza, desigualdade, mercado de trabalho e política social.

 

Debate: Como voltar a reduzir a pobreza em anos de aperto fiscal?

Quando: 29/05, às 10h

Local: Auditório do CRC

Inscrições gratuitas.